PROENÇA-A-VELHA
Evolução Histórica e Administrativa Até 1218 pertenceu a Idanha-a-Velha, a antiga Egitânia. 1218 - Em Abril de 1218 recebe foral de D. Pedro Alvites, mestre da Ordem do Templo, em carta concedida com beneplácito de D. Afonso II e D. Urraca.
25
Jan 12

 

 

 

(Este é um pequeno resumo

 

da história de vida

 

de um grande amigo do peito)

 

 

 

UMA VIDA

 

UMA HISTÓRIA

 

HISTÓRIA QUE O VENTO NÃO LEVOU

 

E O TEMPO NÃO APAGOU

 

 

 

 

 

Ninguém parte sem deixar algo para traz.

 

Ele não fugiu à regra. Normalmente são os familiares aqueles de quem nos custa mais a separação.

 

Depois..., bem depois há sempre alguém que nos agarra com mais intensidade e nos deixa uma imensa saudade, mesmo antes de partirmos, transportando muitas vezes desgostos que nos acompanham o resto da vida.

 

Com ele sucedeu exatamente isso. Só que nada podia fazer, a não ser ir para o mais longe possível, pensando que com tal atitude iria resolver o desgosto que lhe ia na alma.

 

Nem sequer se deteve a pensar no que seria a sua vida longe de todos os que lhe eram queridos e em especial de alguém que o tinha desprezado.

 

Não se lembrou sequer da tenra idade que tinha. Só pensava em se afastar, julgando que a distância iria apagar da sua memória e do seu coração aquela angústia que o atormentava.

 

Torturava-o a ideia de ter sido trocado, abandonado e desprezado por quem poucos meses antes por ele tinha vertido uma lágrima que ele julgava ser uma lágrima de amor.

 

A final, segundo veio mais tarde a saber, não teria havido lágrima nenhuma, mas sim pura imaginação sua. (Mas ele ainda hoje jura que as lágrimas existiram e não foram invenção sua).

 

Só que quem as tinha vertido não as sentia no seu intimo e por isso não revelavam nem amor nem saudade.

 

Ele seguiu para terras longínquas, mas ao contrário do que pensava, as saudades e o desgosto em vez de se atenuarem, cada vez mais se foram acentuando no fundo do seu ser.

 

Não passava de um jovem com dezoito anos a viver sem um ombro onde se pudesse apoiar, enfrentando mil e uma dificuldades que só a muito custo ia torneando e ultrapassando.

 

O seu único apoio eram as cartas dos seus familiares que sempre se tinham oposto à sua partida.

 

Ainda tentou regressar a Portugal, mas como entretanto rebentou a guerra em Angola, esta intenção foi-lhe negada e acabou sendo incorporado nos Batalhões Militares daquele território.

 

Entretanto chega-lhe a notícia de que ela se tinha casado e isso não só lhe acentuou o desgosto, como lhe provocou uma verdadeira raiva contra ele próprio.

 

Pouco tempo após esta notícia, foi colocado na Zona Operacional Norte, que era na altura a zona mais perigosa da Região Militar de Angola.

 

Cerca de quatro anos depois foi desmobilizado, mas continuou em Angola e acabou por constituir família.

 

Anos depois regressou a Portugal, trazendo consigo não só a esposa como também dois filhos que entretanto haviam nascido.

 

Mesmo sabendo que nada ia resolver, pois o tempo não recua, não deixou no entanto de indagar, disfarçadamente, qual seria o paradeiro daquela que há muito o havia trocado por alguém que certamente a merecia mais que ele.

 

Só que não foi fácil, pois tinha que atuar sem provocar alarme na família que entretanto tinha constituído.

 

Para tal recorreu a amigos e familiares e foi desta forma que a conseguiu contactar.

 

Claro que além de matar saudades nada mais pode resultar dos breves e fugazes encontros que tiveram e assim cada um teve de continuar o caminho dos respetivos destinos.

 

Escrevo estas breves linhas em homenagem a esse meu velho amigo que comigo comungou as suas alegrias e tristezas durante estes mais de cinquenta anos.

 

Eu, apenas poderei louvar os sentimentos nobres pelos quais sempre se regeu este meu velho amigo.

 

 

 

FAfonso

 

publicado por AALADOSNAMORADOS às 16:48
música: O Mar Fala de Mim
11
Jan 12

 

T R A I Ç Ã O


http://youtu.be/iCUIoF1GycY

 

 

QUEM TE FEZ NASCER, PORTUGAL

 

TRAIÇÃO A PORTUGAL

TRAIÇÃO A QUEM FUNDOU, PORTUGAL

TRAIÇÃO A QUEM LUTOU E MORREU POR TI, PORTUGAL

TRAIÇÃO AOS “VIRIATOS” E AOS SEUS DESCENDENTES, PORTUGAL

ABAIXO OS TRAIDORES

 

 

Estas terras e as gentes que nelas ainda habitam deveriam merecer, sem favor, dos ,Iluminados que nos têm (Des)Governado, uma maior atenção e consideração não só pelas dificuldades que diariamente enfrentam, como também pela ocupação territorial que a elas PORTUGAL deve.

Sem a permanência destas gentes, Portugal passaria a ser uma pequena faixa litoral sem qualquer expressão quer na Europa, quer no mundo.

Estas Gentes são as NOSSAS RAÍZES!!

Estas Gentes e a maioria das que habitam o Interior Fronteiriço são o verdadeiro PORTUGAL PROFUNDO.

Todavia em vez do apoio que estas terras e estas Gentes lhes deveriam merecer, o único insentivo que lhes proporcionam é mais abandono com o aumento desmesurado das portagens que servem em especial as zonas do interior raiano.

Com as políticas palacianas que nos veem impondo, em especial nas últimas dezenas de anos, só têm contribuído para o abandono das populações e consequente desertificação do interior do país.

Nada de criarem infraestruturas agrícolas ou industriais para fixarem as populações e inclusivamente atraírem gentes mais novas com conhecimentos tecnológicos que poderiam propiciar um desenvolvimento mais consentâneo com os tempos que se vivem.

Nada disto estes fizeram ou fazem, estes Iluminados, a não ser arranjarem TAXOS para eles, para os familiares, os amigos e os capangas que os apoiam, fazendo crer que é o Povo que lhes bate palmas e o resultado destas políticas são, como todas as pessoas honestas podem contactar:

Encerramento de Hospitais, de Maternidades, de Centros de Saúde, de Postos Médicos, de Escolas, de Colégios, de Transportes Públicos de Farmácias, de Igrejas e enfim de tudo o que qualquer ser humano necessita para se fixar e poder viver uma vida minimamente decente.

Este é o país em que vivemos e onde as maioria das Leis que se fazem são sempre no sentido de proteger os Grandes, cuja Grandeza na maioria dos casos é proveniente de vigarices, de roubos ao Erário Público, de fugas aos impostos ou de Tachos que nada de bom trazem ao País a não ser descrédito.

Não se trata de se ser ou não apoiante do cumprimento das Leis, coisa que eu pessoalmente apoio INTEGRALMENTE.

Mas........

Vejamos: teve direito a notícia com grandes parangonas no Jornal Correio da Manhã de Domingo, esta notícia: - GNR PRENDE LADRÕES COM 20 Kg de PINHAS .

ENTRETANTO, NESTE MESMO PAÍS EM QUE VIVEMOS ASSISTIMOS A BANDIDOS QUE LEVARAM O PAÍS PARA O BURACO EM QUE SE ENCONTRAMOS E CONTINUAM A GOZAR DE GRANDES RENDIMENTOS OBTIDOS DAS FORMAS MAIS OBSCURAS QUE SE PODEM IMAGINAR .

Ficam sentados nos cadeirões da Assembleia da República durante meia dúzia de anos e saiem de lá com pensões de milhares de euros.

Do outro lado, a maioria dos portugueses, em especial os que trabalham os campos, depois de dezenas de anos de labuta, recebem reformas de míseras centenas de euros.

Será que só há leis para punirem os pequenos?

Não quero com isto dizer que apanhar pinhas em pinhal alheio não seja crime, mas....então e os outros?

Fazem falcatruas de centenas de milhões de euros e andam à solta; levam o país à ruína e nada lhes acontece?

E o coitado que apanhou pinhas que certamente acabariam por apodrecer no chão, leva logo o rótulo de LADRÃO?

Que gente é esta que nos governa e nos tem governado em especial nestas últimas décadas?

Que gente é esta que tudo faz para abandonar os povos do interior fronteiriço deixando-os ao abandono, retirando-lhes tudo que poderia contribuir para uma vida honrada e decente?

 

FAfonso

 

 

 

publicado por AALADOSNAMORADOS às 22:55
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
Posts mais comentados
11 comentários
10 comentários
8 comentários
6 comentários
5 comentários
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Daniel Carvalho,fiquei feliz por encontrat o filho...
Caro Daniel, estou a escrever um texto sobre as OP...
Gostei muito do seu blog obrigado
Daniel, não sei como chegar a ti, sou o Avelino F...
Meu amigo, tenho esperado que venhas aqui dar noti...
Olá amiga SãoMuito obrigado pelas suas palavras de...
Força meu Amigo! Que Deus esteja contigo e te ajud...
Amigo Adolfo muito obrigado pelas suas palavras de...
Amigo Francisco Afonso só hoje tomei conhecimento ...
:-) Fico tão contente por ti! :-) Ainda bem que es...
mais sobre mim
blogs SAPO