PROENÇA-A-VELHA
Evolução Histórica e Administrativa Até 1218 pertenceu a Idanha-a-Velha, a antiga Egitânia. 1218 - Em Abril de 1218 recebe foral de D. Pedro Alvites, mestre da Ordem do Templo, em carta concedida com beneplácito de D. Afonso II e D. Urraca.
16
Set 07

 

 

 

 

br.youtube.com/watch br.youtube.com/watch

br.youtube.com/watch 

br.youtube.com/watch

 

DIZ-ME QUEM ÉS.....velho amigo.

 

Vou tentar dar-te uma ajuda.....

 Naceste pequenino e pobre num castelo medieval.

Foste gerado numa terra agreste onde pouco havia para cresceres. Foste alimentado por sangue, suor e lágrimas de muitos dos teus mais nobres filhos.

Exigiste desavenças entre Mãe e Filho,  entre irmãos e entre amigos.

Dos teus montes e vales fizeste brotar Heróis (certamente consanguíneos de Sertório e Viriato).

Mas, na tua ânsia de cresceres não hesitaste; - exigiste mesmo o máximo:Mártires.

Eram teus filhos.

Eram os Melhores e foram os Maiores.

Lembras-te?

Talvez a tua idade não ajude.  (novecentos anos,mais ou menos, é muito).

Mas eu que tanto te amo, dou-te uma ajuda meu velho.

Não quero que morras!!! sem a lembrança daqueles que tanto amaste  e que tanto te amaram.

Eu sei que lá no fundo do teu íntimo, nunca esqueceste um CONDE DOM HENRIQUE, um AFONSO HENRIQUES, um AFONSO IV,  um DOM DINIZ, um DOM JOÃO I e II, um NUNO ALVARES  e a sua ALA DOS NAMORADOS. um GAMA, um INFANTE DOM HENRIQUE, um ALBUQUERQUE,  um FRANCISCO XAVIER, um ALMEIDA, um DIOGO CÃO E TANTOS, TANTOS OUTROS, que eu, para não te cançar mais, vou parar por aqui.

Tenho de pedir-te desculpa; - mas terei de te roubar mais alguns segundos para te dizer que durante estes longos anos muitos mais HERÓIS e MÁRTIRES tu geraste no teu ventre.Só que estes, aos milhares, foram e são ANÓNIMOS.

Nem tu te lembras!

E sabes porquê?

Porque os VENDILHÕES DO TEMPLO tudo têm feito para que tu os ignores.

Mas eu, que como milhões de outros por ti derramei sangue, suor e lágrimas, sou um anónimo, mas não deixarei que a tua memória fique branca como os meus poucos cabelos.

Lutarei sempre por ti.

Por ti derramarei todo o pouco que tenho, porque tu tudo me deste.

Calcorreei a selva e tudo o mais que te não conto.

Quero respeitat-te meu velho querido e não te quero maçar.

Porque:

Tu és tudo para mim.

És a minha Alma.

És a minha vida.

És tudo o que tenho.

 BERÇO DE HERÓIS,  DE MÁRTIRES,DE POETAS E DE ANÓNIMOS

 TU ÉS....

--SIM JÁ ME RECORDO........

--SOU PORTUGAL

(obrigado por me recordares avivando-me a memória)

 

 

F.Afonso

 

 

 

 HONRA AOS HERÓIS

 

 

 

 



HOMENAGEM À JUVENTUDE PORTUGUESA REPRESENTADA HEROICAMENTE NA
ALA DOS NAMORADOS






ALJUBARROTA
A BATALHA DA SOBREVIVÊNCIA

Segundo os melhores cálculos, o condestável dispunha de 1700 lanças, 800 besteiros e 4000 peões, ao todo 6500 homens, fortemente concentrados na sua posição, admiravelmente guarnecida.

Os castelhanos traziam 5000 lanças, entre as quais muitos cavaleiros gascões e franceses, 2000 cavalos, 8000 besteiros e 15000 peões, num total de 30000 homens, com 700 carroças, milhares de animais carregando mantimentos e munições, 8000 cabeças de gado e muitos pajens e outra gente de serventia. Tão extenso e desordenado era este comboio que ainda a cauda da coluna vinha a léguas de distância quando a arrogante cavalaria da vanguarda se defrontou com os Portugueses.  
.
A ALA ESQUERDA, A ALA DOS NAMORADOS
A ala esquerda da nova posição a mais próxima do Condestável era a célebre ala dos namorados, comandada por Mem Rodrigues e Rui Mendes de Vasconcelos, Esta ala, onde sobressaía uma grande bandeira verde, dispunha de aproximadamente 400 besteiros, 650 homens a pé e 200 lanças de cavaleiros todos moços valorosos.
Por todo o campo ondulavam os balsões e insígnias dos cavaleiros, a bandeira verde da ala dos namorados, o pendão real das quinas e castelos, o estandarte branco e piedoso do condestável.
  Infatigável, atendendo a tudo, o condestável dispôs as suas forças em três alas, com uma forte reserva à retaguarda. A vanguarda, de 600 lanças, alinhava-se agora com a frente para o sul, em torno do pendão do condestável, a meio da charneca, terreno pouco acidentado, igualmente vantajoso para ambas as partes.
,A RUPTURA DA VANGUARDA PORTUGUESA

deu-se junto à ala esquerda, ou seja, a Ala dos Namorados, razão pela qual houve aí maior

número de baixas portuguesas. Mem Rodrigues de Vasconcelos e seu irmão Rui Mendes, que

comandavam esta ala, foram alguns dos que ficaram feridos.


 

publicado por AALADOSNAMORADOS às 22:58
sinto-me: Amargurado
música: HERÓIS DO MAR
posts recentes

QUEM ÉS TU

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Meu amigo, tenho esperado que venhas aqui dar noti...
Olá amiga SãoMuito obrigado pelas suas palavras de...
Força meu Amigo! Que Deus esteja contigo e te ajud...
Amigo Adolfo muito obrigado pelas suas palavras de...
Amigo Francisco Afonso só hoje tomei conhecimento ...
:-) Fico tão contente por ti! :-) Ainda bem que es...
Olá amiga São.Antes de mais obrigado pelas palavra...
Tens um texto para ti no meu blog. Quando puderes ...
Meu querido amigo.... só agora vi este teu post e ...
Bom dia SãoFoi com imenso prazer que recebi a tua ...
mais sobre mim
blogs SAPO